DARK TRANQUILLITY

DARK TRANQUILLITY: Novo álbum a caminho, segundo single de avanço disponível [vídeo-clip]

Na sequência de «The Last Imagination», os suecos acabam de estrear um novo single, intitulado «Unforgivable». «Endtime Signals», o novo álbum dos DARK TRANQUILLITY, chega no dia 16 de Agosto.

No início de Março, os icónicos pioneiros do death metal melódico DARK TRANQUILLITY anunciaram que o seu novo álbum, intitulado «Endtime Signals», vai ser editado a 16 de Agosto via Century Media. Para assinalar o anúncio com a pompa e circunstância que merece, a banda estreou também um primeiro single de avanço, «The Last Imagination», sucedido agora por um segundo aperitivo para o disco que aí vem. Podes conferir a «Unforgivable» no player ali em baixo.

Bem-vindos uma vez mais ao universo dos Dark Tranquility”, escreve a banda num comunicado de imprensa. “Já faz um tempo desde que lançámos o «Moment» e passámos por muita, muita coisa para chegar onde estamos hoje. No entanto, agora que chegou o momento de revelarmos o primeiro single do próximo LP, que se chama «Endtime Signals», o sentimento é de orgulho, realização, e um pouco de alívio.

«Endtime Signals» não marca apenas o 13.º álbum de estúdio dos DARK TRANQUILLITY, mas também o 10.º longa-duração do contrato com a Century Media Records e, segundo um comunicado de imprensa, “com base no sucesso de lançamentos anteriores, como «Atoma», de 2016), que alcançou o segundo lugar nas tabelas de bandas na Suécia, e «Moment», de 2020, que rendeu à banda um Grammis sueco, a banda promete continuar a redefinir e a oferecer uma experiência musical de alto nível com «Endtime Signals»”.

Voltar ao que consideramos ser o núcleo dos Dark Tranquillity, com uma formação parcialmente nova, tem sido uma experiência tremenda“, explica Mikael Stanne. “Estas mudanças mais recentes deram-nos uma oportunidade única de reavaliarmos tudo e vermos o que podíamos construír de uma perspectiva nova e emocionante. Isso resultou num período de composição focado e intenso, durante o qual redescobrimos aspectos da nossa música e levámos certos elementos mais longe do que antes.”

O vocalista e timoneiro dos DARK TRANQUILLITY continua: “Tematicamente, o álbum trata de para onde estamos a ir, do que mudou verdadeira e fundamentalmente em nós e de como encontrámos novas formas de lidar com tudo isso. Ultimamente tem sido muito difícil encontrar a centelha da positividade e há uma sensação de tristeza latente, que percorre o álbum. Não apenas no sentido de lamentar o que perdemos a nível pessoal, mas também para onde os nossos sacrifícios acabaram por levar-nos.

A amplitude do álbum é algo em que trabalhámos intensamente e acreditamos que esta primeira música dá uma boa indicação, se não uma imagem completa, do que está por vir. Tem uma velocidade feroz, uma brutalidade opressora e melodias assustadoras. Isto significa que cumprimos a promessa que fizemos a nós mesmos e à nossa missão contínua“, conclui o cantor. As pré-encomendas de «Endtime Signals», o novo LP dos DARK TRANQUILLITY, vão estar disponíveis em breve através da loja virtual da Century Media.

«Moment», o mais recente longa-duração dos DARK TRANQUILLITYque passaram por Portugal neste último Verão, até ao momento foi gravado nos Nacksving Studios e no Rogue Music com o produtor Martin Brändström e, em seguida, misturado e masterizado por Jens Bogren nos Fascination Street Studios.

Em Julho de 2023, o guitarrista Christopher Amott anunciou a sua saída dos DARK TRANQUILLITY, mas afirmou num comunicado que não havia “nenhuma mágoa” entre ele e os outros membros do grupo ao explicar que estava na altura de se concentrar em nova música da qual estava “muito orgulhoso“. Amott, de 45 anos, que foi um dos membros fundadores dos ARCH ENEMY ao lado do irmão Michael Amott, ingressou oficialmente nos DARK TRANQUILLITY em 2020.

Algumas horas depois, os DARK TRANQUILLITY emitiram a seguinte declaração sobre a saída de Amott: “Estamos tristes por anunciar que o Chris Amott decidiu deixar-nos para seguir o seu próprio caminho musicalFoi uma honra e um prazer tocar com ele e estamos a separar-nos amigavelmente. Para substituí-lo num futuro próximo, vamos ter o incrível Joey Concepcion, que se vai juntar a nós durante o resto do Verão. A nossa missão permanece a mesma, queremos explorar a melancolia que se aproxima da raiva.

Esse é o caminho que temos forjado com todos os membros dos Dark Tranquillity — no passado e no presente. E é verdade que pode haver alguns novos rostos em palco, mas na nossa família extensa, muitas coisas mantêm-se na mesma. O Niklas Sundin continua a definir a nossa tonalidade visual e o Martin Henriksson ainda é o nosso manager. A nossa próxima tarefa é gravar o 13º álbum dos Dark Tranquillity no Outono. Estamos muito empolgados com os temas e mal podemos esperar para mostrá-los a todos vocês.

Há dois anos, os DARK TRANQUILLITY tinham-se separado do baterista Anders Jivarp e do baixista Anders Iwers. Jivarp era um dos elementos fundadores do grupo e tocou em todos os seus lançamentos até ao momento. Iwers, por seu lado, juntou-seà banda em 2016 e tocou nos últimos álbuns, «Atoma»«Moment», de 2016 e 2020. Nas tours mais recentes, Jivarp e Iwers foram substituídos por Joakim Strandberg Nilsson (dos IN MOURNINGWOLVES WITHIN) e por Christian Jansson (dos GRAND CADAVERPAGANDOM), respectivamente.