MARILYN MANSON:
Louvar «SAY10»

O novo vídeo-clip NSFW de MARILYN MANSON, para o tema «SAY10», pode ser visto em baixo.

O vídeo-clip de «SAY10», tema que carrega o título originalmente apontado para designar o novo disco de MARILYN MANSON, que acabaria por ser baptizado «Heaven Upside Down», conta com a participação muito especial do actor (e músico) Johnny Depp. O próprio Manson afirma acerca do que vão ver se carregarem no play: “Quando os balões estiverem todos retorcidos, prestes a ser engolidos pelas poças de vómito e idealismo, não olhem para mim se o que querem é simpatia. Estou aqui para ser tudo aquilo que sou acusado de não ser. E ser culpado por tudo o que vocês fizeram“.

«SAY10» faz parte de «Heaven Upside Down», que foi editado no dia 6 de Outubro. O sucessor de «The Pale Emperor», visto como um regresso de MARILYN MANSON à forma de outros tempos, foi composto uma vez mais em parceria com Tyler Bates, multi-instrumentista famoso pela concepção de bandas-sonoras de filmes como «Guardians Of The Galaxy», «300» e «John Wick». O talentoso músico co-escreveu e produziu o disco, em parceria com Manson.

O álbum começou por ter o título «SAY10» e data de lançamento marcada para 14 de Fevereiro passado, mas o lançamento acabou por ser adiado com o músico a afirmar “não estar satisfeito com o resultado final“. Oito meses depois, o disco revela claros acenos aos trabalhos mais antigos do shock rocker, mas introduz também novos elementos na sua sonoridade e abrange vários estilos, como é o caso das influências rap e post-punk em «Tattooed In Reverse» e «Saturnalia», respectivamente.

MOITA METAL FEST:
Vader encerram o cartaz

A organização do MOITA METAL FEST acaba de anunciar o cartaz completo da sua edição de 2018.

Os polacos VADER, que durante o próximo ano vão andar a comemorar o 25º aniversário de «The Ultimate Incantation», vão actuar no MOITA METAL FEST, que se vai realizar nos dias 6 e 7 de Abril de 2018, no Largo do Pavilhão Municipal de Exposições da Moita. Confirmada está também a presença dos nacionais SACRED SIN e SWITCHTENSE, assim como dos gregos SUICIDAL ANGELS.

O cartaz da 15ª edição do MOITA METAL FEST fica completo com os THE EXPLOITED, BENIGHTED, BIZARRA LOCOMOTIVA, FILII NIGRANTIUM INFERNALIUM, IBERIA, FOR THE GLORY, MALEVOLENCE, VIRA LATA, TERROR EMPIRE, EQUALEFT, DEAD MEAT, LOW TORQUE, WELLS VALLEY, TOXIKULL e DARK OATH.

Mais informações e compra de bilhetes brevemente aqui.

EARTH DRIVE:
Constelações psicadélicas

«Stellar Drone», o muito aguardado álbum de estreia dos EARTH DRIVE, já está disponível. Em baixo podes ouvir o segundo single extraído deste trabalho, «Dead Blood For The Royal Weather».

O primeiro registo de longa duração dos nacionais EARTH DRIVE chama-se «Stellar Drone» e chegou aos escaparates na passada sexta-feira com selo Raging Planet. Formado há exactamente uma década, foi durante os últimos dois anos que este quarteto do Montijo — formado por Hermano Marques, Sara Antunes, Luís Silva e Luís Eustáquio — se começou a afirmar como das mais interessantes propostas saídas da cena underground nacional, tendo marcado presença constante em eventos de renome como o Reverence Valada, o Under The Doom, o Sprint To Rock Fest e o VOA – Heavy Rock Festival.

Apoiado em actuações muito sólidas e envolventes, o grupo estabeleceu uma reputação de respeito e, apoiado no excelente EP «Planet Mantra», foi recebendo excelentes comentários por parte da imprensa especializada. Esse processo de crescimento tem agora continuidade em «Stellar Drone», com o álbum a denotar a continuação da viagem destes quatro intrépidos músicos nacionais por paisagens terrestres e caóticas e psicadélicas influências cósmicas.

Segundo a própria banda, “sentem-se neste trabalho contrastes de texturas sónicas, drones ancestrais e paredes sonoras monolíticas“. Nós, aqui deste lado, concordamos e destacamos também o interessante artwork realizado em parceria com o artista norte-americano Daniel Martin Diaz, responsável por trabalhos Maynard James Keenan, Mogwai e Calexico, entre muitos outros.

A banda tem neste momento datas agendadas para concertos a 13 de Outubro no Montijo (Botabaixo), 21 de Outubro no Barreiro (Penicheiros) e dia 28 de Outubro em Freamunde (Espaço A).

HOLOCAUSTO CANIBAL:
Hora de mudança

Grinders portuenses anunciam uma importante alteração na sua formação, sendo que já se sabe quem vai ocupar o lugar deixado vago atrás do microfone.

No ano em que comemoram o vigésimo aniversário do lançamento da sua primeira maqueta, a mais internacional das bandas de death/grind nacionais acaba de anunciar uma alteração na sua formação. Os HOLOCAUSTO CANIBAL dizem assim “adeus!” ao vocalista Ricardo Silva e abrem a porta do “matadouro” a Ricardo Orca, que se estreou ontem junto aos autores de clássicos do death/grind/gore nacional como «Empalamento», «Vagina Convulsa», ou «Violada Pela Moto Serra», durante a actuação no Bardoada Fest & Aljcoi. A formação fica hoje completa com Z.P. no baixo, E.F. na guitarra/voz, D.P. na bateria e A.C. na guitarra.

Reza assim, em tradução livre, o comunicado disponibilizado originalmente em inglês pela banda via Facebook:

Novas engrenagens na máquina de trituração!
– Os Holocausto Canibal são uma entidade viva sempre em mudança e, como tal, às vezes temos que fazer alguns ajustes de forma a manter a continuar a prosperar. Desta vez, apresentamos um novo vocalista, R. Orca. Na noite passada, quem esteve no Bardoada Fest & Aljcoi testemunhou a estreia de uma nova formação num fantástico festival, com uma organização incrível e uma grande multidão de gente.

O baixista Z. Pedro diz:
– Conheço o Ricardo Orca há quase 20 anos de lugares nostálgicos como o C.C. Dallas [Boavista - Porto], onde assisti a ensaios de bandas que ele tinha na época [algo como os Blashemy portugueses]. Há cerca de dois anos, ele entrou para os Dementia 13, e depois de muitos concertos juntos, pareceu-me que sua guturalidade e paixão pelo death metal poderia levar os Holocausto Canibal a outros níveis de compromisso e dedicação. Bem-vindo à sangria!!!

Finalmente, gostaríamos de agradecer ao Ricardo S. por toda a sua dedicação à causa sangrenta, por toda a carnificina e por deixar o seu selo indelével na nova versão de «Catalepsia Necrotica». Desejamos-lhe também a melhor sorte no novo estágio da vida que decidiu abraçar.

Tudo mais doente do que tudo o resto.

O mais recente lançamento dos HOLOCAUSTO CANIBAL chama-se «Catalepsia Necrótica: Gonorreia Visceral Reanimada» e inclui regravações dos primeiros registos da banda do Porto, nomeadamente a maqueta «oPus I» e a estreia «Gonorreia Visceral».

SWANS:
O proverbial “até já”!

A segunda encarnação dos Swans tem o fim anunciado, mas a derradeira digressão passa pelo Porto e por Lisboa nos próximos dias.

A história faz-se também, invariavelmente, de despedidas –- e os lendários SWANS, que Michael Gira ressuscitou em 2010 após treze anos de ausência têm, agora, um segundo adeus anunciado. No que serão as derradeiras oportunidades de testemunharmos a esmagadora presença em palco e de celebrarmos a obra de Michael Gira e companhia, o colectivo norte-americano despede-se de Portugal amanhã (no Porto) e na segunda-feira (em Lisboa).

As primeiras partes, em ambas as datas, estarão nas mãos de BABY DEE. A artista e performer norte-americana, que já colaborou com nomes como Antony Hegarty, Current 93, Will Oldham ou Andrew W.K., apresentará uma obra que tem tanto de excêntrico como de desconcertante.

Há ainda bilhetes disponíveis na Amplistore, Ticketline, bem como à porta de ambos os concertos.

MORBID ANGEL:
A letra escarlate

MORBID ANGEL revelam mais um inédito e anunciam lançamento do seu próximo álbum, intitulado «Kingdoms Disdained», para Dezembro.

Já podes ouvir «Piles Of Little Arms», uma nova canção dos veteranos do death metal MORBID ANGEL, no player em baixo. O tema é retirado do novo álbum da banda, «Kingdoms Disdained», que será lançado no dia 1 de Dezembro via Silver Lining Music (JVC no Japão). Gravado nos Mana Recording em São Petersburgo, na Florida, com o produtor — e ex-guitarrista da banda — Erik Rutan, o disco marca o primeiro lançamento com o baterista Scott Fuller (Annihilated, ex-Abysmal Dawn), que se juntou ao grupo no ano passado após a saída de Tim Yeung. Este é também o primeiro álbum dos Morbid Angel a contar com os préstimos do baixista/vocalista Steve Tucker desde «Heretic», de 2003.

«Kingdoms Disdained» será disponibilizado em CD (em jewelcase ou digipack com “tampa lenticular”), vinil de 180 gramas em capa dupla e download digital. Uma boxset de edição especial estará também muito disponível para pré-encomenda em breve. Do alinhamento do álbum faz igualmente parte o tema «Paradigms Warped», que os músicos já interpretaram ao vivo durante a sua mais recente digressão norte-americana.

Mais informações em relação aos vários formatos e pré-encomenda aqui.

MARILYN MANSON:
Entre o céu e o inferno

«Heaven Upside Down», o décimo álbum da carreira de MARILYN MANSON, já está disponível para escuta na íntegra.

«Heaven Upside Down» está finalmente disponível, dois anos após o muito bem recebido «The Pale Emperor», consensualmente visto como um regresso de MARILYN MANSON à forma de outros tempos. O disco foi composto uma vez mais em parceria com Tyler Bates, multi-instrumentista famoso pela concepção de bandas-sonoras de filmes como «Guardians Of The Galaxy», «300» e «John Wick». O talentoso músico co-escreveu e produziu o disco, em parceria com Manson.

O álbum começou por ter o título «SAY10» e data de lançamento marcada para 14 de Fevereiro passado, mas o lançamento acabou por ser adiado com o músico a afirmar “não estar satisfeito com o resultado final“. Oito meses depois, o álbum revela claros acenos aos trabalhos mais antigos do shock rocker, mas introduz também novos elementos na sua sonoridade e abrange vários estilos, como é o caso das influências rap e post-punk em «Tattooed In Reverse» e «Saturnalia», respectivamente.

Sem mais delongas, aqui fica o disco na íntegra para que o possam formar a vossa própria opinião;

SHIPWRECKS:
«Monument» em estreia [exclusivo]

Os post-rockers germânicos SHIPWRECKS vão editar o álbum de estreia em Novembro e têm um novo tema para mostrar.

Após as excelentes reacções obtidas com o EP de estreia em 2015, o primeiro álbum completo dos post-rockers alemães SHIPWRECKS vai ser finalmente editado no dia 10 de Novembro com selo Sportklub Rotter Damm. Auto-intitulado, o álbum, segundo a própria banda, representa uma paixão pelo detalhe, um entusiasmo pelo DIY e pela sinceridade com que estes quatro músicos de Colónia se dedicam à sua forma de arte.

Após cerca de um ano de trabalho na sala de ensaio, os músicos fugiram da cidade movimentada para o isolamento de uma antiga quinta em Schleswig-Holstein e, durante pouco mais de uma semana, completaram os cinco temas que compõem este longa-duração. «Monument» foi o tema escolhido como single de avanço ao álbum, que já está disponível para pré-encomenda aqui.

A sailor’s wife finding her way to the sea to embrace her long awaited husband at his ship. But alas, he never arrives back home.

CAVALERA CONSPIRACY:
Mostram novidade «Insane»

«Insane» faz parte do novo álbum «Psychosis», que tem data de edição agendada para o dia 17 de Novembro através da Napalm Records.

O lyric video oficial de «Insane», nova canção dos CAVALERA CONSPIRACY, a banda liderada pelos irmãos (e membros fundadores dos Sepultura) Max e Igor Cavalera, acaba de ser disponibilizado. Este é o tema de abertura do quarto álbum dos CAVALERA CONSPIRACY, «Psychosis», que será lançado no dia 17 de Novembro via Napalm Records. O disco, produzido pelo amigo de longa data Arthur Rizk, foi gravado maioritariamente num estúdio em Phoenix, no Arizona, sendo que conta com uma participação muito especial de Justin Broadrick (dos Godflesh) num tema e com masterização de Joel Grind (dos Toxic Holocaust).

A capa e o alinhamento completo de de «Psychosis» podem ser vistos em baixo.

1. «Insane»
2. «Terror Tactics»
3. «Impalement Execution»
4. «Spectral War»
5. «Crom»
6. «Hellfire»
7. «Judas Pariah»
8. «Psychosis»
9. «Excruciating»

DEEP PURPLE:
«The Surprising» em pré-estreia [exclusivo]

DEEP PURPLE estreiam vídeo-clip para «The Surprising» e anunciam também uma nova versão de «InFinite», mas as novidades não se ficam por aqui.

O dia de hoje vê os lendários britânicos DEEP PURPLE a navegarem em novas águas com o lançamento do seu primeiro vídeo animado. O video-clip oficial para «The Surprising», um dos favoritos dos fãs incluídos no sucesso internacional «InFinite», transporta o espectador numa viagem através da mágica história da banda, que — por esta altura — já atingiu a marca das cinco décadas.

Com alta atenção aos detalhes, esta obra-prima animada segue os cinco heróis da nossa história — Ian Gillan, Ian Paice, Roger Glover, Don Airey e Steve Morse — através de um cruzeiro tempestuoso e termina com o quinteto a cavalgar em direcção ao pôr-do-sol. O vídeo foi dirigido e ilustrado por Matt Rooke em parceria com o realizador Peter Rogers, que também actuou como produtor em conjunto com Craig Hooper e Collin Games, conhecidos pelo documentário «From Here To inFinite”.

Coincidindo com a estreia de vídeo, os Deep Purple e earMUSIC aproveitam para anunciar também uma edição especial “dourada” — e estritamente limitada! — do mais recente registo de estúdio dos britânicos. A «InFinite (Gold Edition)» vai ser editada a 3 de Novembro num digipak-duplo de alta qualidade com novo grafismo e, como bónus, uma gravação ao vivo inédita de 80 minutos, captada na edição deste ano do Hellfest.

O espectáculo do Hellfest 2017 estará disponível também como «The inFinite Live Recordings, Pt. 1», numa edição em vinil-triplo e, pela primeira vez, o documentário de 97 minutos «From Here To inFinite» — que mostra todo o processo de concepção do mais recente álbum de estúdio e fornece uma visão profunda do Funcionamento da banda — será disponibilizada em Blu-ray, numa edição luxuosa que inclui mais de duas horas de material extra, incluindo vídeos musicais como «The Surprising», três gravações inéditas ao vivo (para «Time For Bedlam», «Birds Of Prey» e «Smoke On The Water»), bem imagens de bastidores, outtakes do documentário, entrevistas e um comentário áudio.

No mês de novembro, os Deep Purple voltam à Europa para mais uma rota da sua
InFinite – The Long Goodbye Tour.